o mato

Quando olhamos de perto um simples nicho de mato na ribeira de um rio, descortina-se um universo de beleza singular e inteligente. Assim se dá em nossos canteiros, quando olhamos profundo naquilo que julgamos feio dentro de nós, podemos enxergar uma transição: da escuridão, para a beleza quando a luz alcança. Como tem observado o seu canteiro?

_MG_8957

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s